quarta-feira, 23 de julho de 2008

MATINÊ

Quero muito assistir "O escafandro e a borboleta". Queria ir hoje. Mas como uma assalariada que cumpre horário, como eu, faz pra ir ao cinema nas sessões das 14 ou das 19h?
A resposta é: assalariados vão ao cinema no fim de semana.

Mas e quando há um forte palpite de que esse filme vai sair de cartaz nessa sexta-feira?
Droga!
A resposta é: DVD.

5 comentários:

Rosane Vargas disse...

Ai, eu posso ir ao cinemas em dois finais de semana por mês. E tenho estado tão cansada, que acabo não indo.
Vida de assalariada com dois empregos é isso. E aí me pergunto: trabalhar tanto pra que, se não tenho tpo para quase além de trabalhar? Quando vão chegando os boletos bancários do mês, surge a resposta: trabalhar tanto para pagá-los. Eis que chega a roda-viva...

Como está o novo emprego?
Grande beijo.

ale disse...

Pois é, menina, eu ao menos tenho as quartas-feiras, além do find, pra pôr em dia o cine. Mas mesmo assim não dou vencimento. O emprego novo tá muito bom! Bj!

Lau, a noiva disse...

uma pessoa que a gente conhece te diria que é muito fácil, é só pedir dispensa do trabalho pra fazer uma endoscopia (quanto mais complexo o exame, melhor). método testado e aprovado (ele conseguiu ver waking life às 15h, único horário disponível na época).
inclusive a "pessoa" tá aqui se oferecendo pra fazer o "exame" junto contigo! hahahahhaha
beijoca

ale disse...

Boa essa Lau!! Que tal uma ressonância magnética? Acho que pega bem né? Saudades de vocês...

Eva disse...

A falta que o cinema me faz nesses tempos de tanta correria só é superada por uma coisa: a falta que as amigas me fazem. Eu também queria ter visto esse filme.